Gigalink conquista 60% do mercado de internet banda larga de nova Friburgo

Por Jenifer Correa - 06/02/2013

Receita do sucesso não tem segredo: serviço de qualidade e preços diferenciados, que levaram a um crescimento anual de 15% nos últimos dois anos.

>
Gigalink conquista 60% do mercado de internet banda larga de nova Friburgo
Investimento em tecnologia é uma das principais estratégias.

Acesso à internet com boa velocidade e preço justo. O que deveria ser a regra básica desse mercado, infelizmente, é a exceção nos dias de hoje. A melhor prova disso é que as empresas de telecomunicações, mais uma vez, ficaram entre as líderes nas reclamações no Procon em 2012.

O Brasil cresceu muito nos últimos anos e o mundo 3G entrou com tudo em nossas vidas há pouquíssimo tempo. Resultado: estamos cada vez mais conectados, mas ainda falta infraestrutura para atender tamanha demanda. E a solução para esse problema não pode ser outra: investimento.

Investimento é a palavra-chave na história da Gigalink, uma operadora de telecomunicações que oferece serviços de internet banda larga, telefonia e televisão no interior do Estado do Rio de Janeiro. “Desde o início, fizemos grandes investimentos em estrutura e desenvolvimento de tecnologia”, afirma o gerente comercial da companhia, Jalmeir Junior.

O principal deles foi o desenvolvimento de um modelo próprio de cabo de fibra ótica, diferente do padrão utilizado pelos concorrentes e mais barato. Em um mercado tão fechado, dominado por poucas e grandes empresas, é de impressionar o crescimento anual de 15% que a Gigalink apresentou nos últimos dois anos.

A empresa nasceu em 2003 a partir de uma oportunidade identificada por Osvaldo Lucho, hoje presidente da Gigalink. Observando que a conectividade do interior deixava muito a desejar, Lucho resolveu focar esse nicho de mercado e fundou a empresa que hoje detém 60% do mercado de internet de Nova Friburgo.

Em apenas uma década, as operações espalharam-se para Macaé, Niterói, Rio das Ostras, São Fidélis e Campos do Goytacazes. Hoje, a Gigalink conta com mais de 15 mil clientes.

Os preços praticados pela companhia são competitivos. Para se ter uma ideia, o plano básico de internet da Gigalink é de 2MB de velocidade e custa R$ 45,00 por mês nas residências. Esse preço é 18% mais barato do que o de um plano que oferece metade dessa velocidade e é vendido pela líder do mercado brasileiro de banda larga.

A qualidade do serviço e os preços são diferenciais da Gigalink já bem percebidos pelo mercado, o que explica o crescimento expressivo dos últimos anos. O desafio agora é mostrar para as pessoas que a empresa também é referência na valorização de seus recursos humanos. “Temos uma equipe especializada para desenvolver nossos colaboradores profissionalmente e também zelar pelo seu bem estar no ambiente de trabalho”, explica Jalmeir.

Para 2013, as novas metas incluem a expansão da rede de atendimento nas cidades de Campos, Rio das Ostras e Macaé. A empresa também quer fortalecer outros produtos além da internet, como o pacote de segurança Internet Segura e planos de TV por assinatura.

Comente via asboasnovas.com
Comentários
  • Márcio 29/07/2014

    Olá boa tarde, gostaria de saber quais são os planos que vcs tem pra ofecer e valor?

  • Eliton 25/10/2013

    não caiam nesta matéria dissimulada e persuasíva, estou trocando minha operadora, pois a gigalink , como varias outras, lhe vende uma coisa, mas lhe garante apenas 30% do que você contratou, e ainda, quando você reclama, joga na sua cara o valor contratual, fala sério, contratei 3g, falaram que eu tinha direto a 5, contudo nunca estou proximo a isso, printei mais de 20 testes de velocimetros diferentes, agora vou trocar de operadora e vou pro pau com agigalink, vão ter que me provar que estou errado, se não vão sentir no bolso. CUIDADO !!!!!!!!!! Eles mentem.

  • neilton f neves 25/04/2013

    eu gostaria de saber se teria como ter contato com vcs para ter esse gigalink aqui no pq bandeirante -campos rj perto posto novo mundo

+
Comente via Facebook